Homens&Pássaros

pesquisar

 
Terça-feira, 15 / 02 / 11

Ingenuidade

Sempre fui ingênuo.

Sempre acreditei na bondade da raça humana.

Morei em São Paulo, Olinda, Recife, Santos, Ilhéus, João Pessoa - grandes cidades - e nunca tive a infelicidade de ser assaltado ou sofrer qualquer tipo de violência.

Enxergo a sociedade como um filme.

É como se fosse uma fantasia.

E violência é ficção.

Vamos dizer que fiquei folgado.

Vítima que não fui, acredito na solidariedade humana.

Acredito na bondade infinita do ser humano.

Mas o mundo não é o que eu gostaria que fosse.

Os dados da mídia desmentem o meu otimismo.

Dizem que eu tenho que tomar cuidado... que o ser humano é um animal mau, cruel... e violento.

Mas sou teimoso: saio pelas ruas de João Pessoa e não consigo enxergar isto.

Acho que não está na minha índole enxergar a maldade.

Se é que os maus trazem uma estrela na testa... ou os bons!

Segundo a mídia, amanhã posso ser vítima como qualquer um.

E dirão: se fodeu por excesso de otimismo!

Acredito que é melhor se foder com otimismo do que com pessimismo.

O sol nasce para todos.

A chuva lava as nossas almas.

A noite nos acalenta ou nos esconde da vida.

Mas se for para achar de verdade que o ser humano é mau, cruel... e violento, se for pra levar meramente pelo lado do instinto - animal que sou -, aí eu poderia dizer:

Tomem cuidado comigo!

Eu também sou mau.

Sou tão mau quanto você.

Sou capaz de foder qualquer um.

Um político, um vizinho chato, o colega de trabalho, um amigo, a minha mulher e o meu filho... aquele filho da puta que fodeu o 'Parmêra' marcando um gol aos 46 minutos do segundo tempo.

Você não conhece a minha maldade... nem a sua.

Ela está lá, escondidinha... só esperando ser provocada para sair.

Mas, felizmente, não estou falando de animais, estou falando de seres humanos.

Viver e ser humano é humano; não 'animal', como dizem hoje!

publicado por Antonio Medeiro às 16:13
Segunda-feira, 24 / 11 / 08

A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER - PARTE III

Textos Escolhidos

 

A violência contra a mulher tem muitas faces.

São três as principais formas de violências contra a mulher: Física, Psicológica e Abuso Sexual; mais a Institucional que também é uma forma de violência.

Agressões, espancamentos, assassinatos (a maioria por arma de fogo), estupros, torturas, abortos forçados, favores sexuais e cárcere privado são as mais violentas.

Um número significativo de mulheres que tentam se separar ou que depois de separadas arrumam outros companheiros, têm uma grande possibilidade de serem assassinadas.

O ciúme do homem que se julga traído é uma arma mortal!

Apanham também por não terem feito o jantar, não terem limpado a casa, por terem conversado com a vizinha ou por não terem passado uma camisa.

As ofensas morais: burra, feia, vagabunda, puta, cadela, vaca, gorda, suja, quenga, peniqueira e outras são palavras usadas para quebrar a sua resistência psicológica.

Isso são ofensas que listei porque eu já presenciei o fato mais de uma vez, de norte a sul.

As humilhações: dormir com você?: olha as tuas pelancas, a tua boca, a tua barriga! Olha esses peitos murchos e caídos! Que horror! Eu tenho nojo de você! Prefiro trepar com a puta mais suja da zona!

O abandono material é muito usado: homens que abandonam suas mulheres com seus filhos, não reconhecendo a paternidade, obrigando, na maioria das vezes, exames de DNA para serem responsabilizados pela paternidade.

Serviços públicos prestados em condições inadequadas, por exemplo: intimidação, ameaças, maltrato verbal, falta de medicamentos e longas esperas para receber tratamentos.

A jornada dupla de trabalho.

A proibição do uso de roupas, de adornos, pinturas, de cortes de cabelo, meias, sapatos são atitudes muito comuns.

Proibir a mulher de trabalhar, estudar, de ter amigos, de assistir novelas e filmes na tv é mais comum do que se pensa.

Ler!, você não acredita, mas muitos homens proíbem suas mulheres de ler.

Muitos homens ainda vivem na idade da pedra!

Continua...
.
TõeRoberto-09:23-post in jampa/pb(Fonte

música: Música: Jacta Cogitatum Tuum-Monge Del Monastério S.Domingo
publicado por Antonio Medeiro às 05:08
Quinta-feira, 20 / 11 / 08

A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER - PARTE I

Textos Escolhidos

 

As estatísticas da violência contra a mulher no Brasil são assustadoras.

Em 2004 foram assassinadas, no Brasil, 3830 mulheres.

Em 2006, no período de janeiro a junho, só em Pernambuco foram assassinadas 285 mulheres.

60 a 70% delas foram assassinadas por parceiros, ex-parceiros, namorados, ex-namorados.

Outras 20% por parentes, vizinhos e conhecidos.

Pernambuco é só o 3º entre os estados que mais matam mulheres.

Foram 6,5 mortes por 100.000 mulheres em 2004, segundo dados da Ministério da Saúde.

Pernambuco chama a atenção pela contradição com este cenário violento: o estado conta com uma das mais ativas e organizadas rede de organizações feministas do Brasil.

Foi criado, em Pernambuco, em 1988, o Fórum das Mulheres de Pernambuco que reúne 67 entidades que vão de associações de agricultoras do sertão, prostitutas do Recife, domésticas e entidades universitárias.

O dia 25 de novembro é o dia Internacional da Não-Violência Contra a Mulher.

A data foi estabelecida em 1981, na cidade de Bogotá, durante o Primeiro Encontro Feminista Latino-Americano.

O dia lembra o assassinato das irmãs Minerva, Patria e Maria Mirabal que, em 1960, militavam, na República Dominicana, contra a ditadura do General Rafael Trujillo.

Assista ao filme "No Tempo das Borboletas".

Ele conta a história das 03 irmãs.

Complementando as estatísticas, na América Latina e no Caribe a violência doméstica atinge de 25 a 50% das mulheres.

Os dados aqui informados são os contabilizados pelos órgãos oficiais, não constando, obviamente, os dados das mulheres que sofrem, em silêncio, as suas humilhações.

As estatísticas oficiais estão muito aquém da realidade...

 

Continua...
.
TõeRoberto-post in jampa/pb

música: My Immortal - Evanescence
publicado por Antonio Medeiro às 05:05
Blog de TõeRoberto

Adamo&Isabelle

Julho 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Comentários recentes

  • Sem palavras, silenciou e falou.Sem Palavras! Caro...
  • Caro TõeRoberto,Exceto pela parte do dedo no vidro...
  • Elimine os filtros, Primo! Não é fácil... eu que o...
  • show de bola o texto, especialmente as frases fina...
  • Olá, desculpa o meu Português não escrever bem per...

mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro