Homens&Pássaros

pesquisar

 
Terça-feira, 01 / 02 / 11

Porto de Santos

Na madrugada, os abutres farejam o esperma e o suor
exalados das prostitutas embriagadas do porto de Santos.

No ar, esperma, suor e café se misturam num cheiro azedo,
denso, maciço... sofrido!

É como uma sinfonia de cheiros
um perfume desmilinguido
atravessando a madrugada
como um longo e fino grito.
(Santos/Sp-04:11hs-Domingo)

publicado por Antonio Medeiro às 17:47
Terça-feira, 03 / 08 / 10

Céu de ferro

O céu me parece ferro
uma mina de Minas ao céu aberto
e os meus olhos ardem às 22:17 da noite
na cidade de Santos
do mar de ferro
dos homens de ferro
no porto.

Um incidente qualquer poderia acontecer.
Um navio naufragar.
O céu cair.
O relógio andar.
E eu respirar.

Está tudo tão quieto na cidade de Santos.
Está tudo tão igual.
Tudo tão morto.
Tudo sem fôlego.
Está tudo eu na cidade de Santos.

Um incidente qualquer poderia acontecer.
E se eu não estivesse sozinho?
E se eu não escrevesse este poema?
E se eu não pensasse nisto?
E se eu me matasse por engano?

Se o céu não fosse tão duro
certamente eu estaria
no alto do Monte Serrat
à procura de uma estrela.

Mas o céu é tão duro
tão presente
e o porto tão quieto
tão distante
que eu penso nisto.

E por isto eu me consinto
a crer que o meu silêncio
é impossível
que o meu silêncio é parecido
com a alma que carrego
noite acima.
(Santos/SP-Sexta-feira-22:36hs)

publicado por Antonio Medeiro às 16:07
Sexta-feira, 13 / 03 / 09

VIAGENS

Por viagens digo: comi merda, andei de carroça, fiquei sem banho, dormi em cama de pregos, caguei em folha de jornal, me limpei com urtigas, fui refeição de muriçoca... disputei comida com baratas.

Chega! Hoje em dia quero viajar e ficar no Maksoud!

Sky, internet banda larga, garçons educados, banheiros inteligentes, ar-condicionado, papel higiênico de folha dupla, café da manhã, jacuzi com hidromassagem, piscina... cama macia.

Eu quero sombra e água fresca!

Sinceramente! Cansei de ser pobre! Cansei de passar pó de café 03 vezes, passar saquinho de chá 02 vezes, usar papel higiênico dos 02 lados, perguntar preço em carrocinha de cachorro-quente, lavar copo descartável; cansei de comer pão com banana, miojo, ovo com arroz, pão amanhecido com água, chuchu sem sal, tubaína com broa de fubá; cansei de comer merda no quilo da esquina... cansei de andar de pau-de-arara.

Eu quero o filé mignon do Maksoud! Eu quero ser rico!

Tomei providências: no meu Visa, Mastercard e Diners o SERASA é o limite.

E estou indo bem: mês que vem não consigo mais pagar as merdas das faturas.

Mas como dizia e diz o meu velho amigo Pedrão de Santos/SP: "o futuro a Deus pertence!"

Sábias palavras!!!

O Maksoud não perde por me esperar!

Até as próximas férias!
.
TõeRoberto-post in férias por aí/br

música: Variada
publicado por Antonio Medeiro às 05:00
Blog de TõeRoberto

Julho 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Comentários recentes

  • Sem palavras, silenciou e falou.Sem Palavras! Caro...
  • Caro TõeRoberto,Exceto pela parte do dedo no vidro...
  • Elimine os filtros, Primo! Não é fácil... eu que o...
  • show de bola o texto, especialmente as frases fina...
  • Olá, desculpa o meu Português não escrever bem per...

mais comentados

Subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro