Homens&Pássaros

pesquisar

 
Quinta-feira, 03 / 03 / 11

Hormônios

Cara, estou fudido!

Estava me olhando no espelho, corpo inteiro, e fiquei assustado.

A minha teta esquerda está maior que a direita.

O meu bigode, do lado direito, está mais grosso, mais preto do que o do lado esquerdo.

Está nascendo pelo no meu peito; um pelo ralo e preto.

Exclamei: cruz-credo!, e a minha voz saiu diferente... meio fina.

Me olhei bem e percebi que, depois de velho, eu cresci uns 03 cm.

Os pelos do lado esquerdo do saco estão caindo, os da direita estão viçosos.

O pau, que sempre foi pequeno, tá diminuindo.

O saco, que sempre foi durinho, está espichado; as bolas, pesando cada vez mais, estão puxando o pau pra dentro.

A minha coxa esquerda está dura, a direita está flácida com menos pelos que a esquerda.

A minha perna direita, pelada - a esquerda, peluda.

As unhas do pé esquerdo, que cortei no mesmo dia que cortei as do pé direito, estão duas vezes maiores que o direito.

Rapaz, depois de velho estou em plena metamorfose.

Só falta menstruar!

Estou assustado!

Estou me transformando em outra coisa.

Metamorfose atrás de metamorfose.

Calculo que até o final do ano terei penas.

Assustado fui até a cozinha tomar um copo d'água.

Abri a geladeira e dei de cara com um Frango da Terra, um Contrafilé Frigoboi, um Lombo de Porco Sadia, um Chester Perdigão, um peixe de não sei quem, um...

Pensei: porra!, aqui está parte dos responsáveis pelo desaparecimento do meu pau.

Os restos mortais dos pobres animais criados com hormônios para crescerem mais rápido... e morrerem mais rápido.

Pensei: caralho!, este troço é um perigo.

Vou me transformar em vegetariano!

Pensei: mais aí eu estou fudido de vez!

E o agrotóxico?

As centenas de tipos de cânceres?

Pensei: puta que o pariu!, viva os hormônios, deixa o pau sumir.

Ainda não mexeram com a língua.

Nem com a bunda!

Você que gosta de hormônios comprados no supermercado, compre e guarde bastante vaselina.

Porque no futuro vai faltar.

Os homens estão em extinção.

A nova raça não tarda.

E teremos sexo duplo e fuderemos a nós mesmos sem camisinha.

Com a geladeira cheia de frangos da Sadia.

O corpo coberto de penas.

E a voz do Pato Donald.

Já estou mijando sentado.

publicado por Antonio Medeiro às 08:40
Terça-feira, 08 / 06 / 10

Metamorfose

Esquece!
Foi tudo que eu disse.

O mundo veio ao meu rosto
como um dedo em riste.

Então não fiz outra coisa:
subi na janela e sorri
botei minhas asas de sonhos
e me fiz colibri.

publicado por Antonio Medeiro às 09:23
Blog de TõeRoberto

Julho 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Comentários recentes

  • Sem palavras, silenciou e falou.Sem Palavras! Caro...
  • Caro TõeRoberto,Exceto pela parte do dedo no vidro...
  • Elimine os filtros, Primo! Não é fácil... eu que o...
  • show de bola o texto, especialmente as frases fina...
  • Olá, desculpa o meu Português não escrever bem per...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro