Homens&Pássaros

pesquisar

 
Terça-feira, 07 / 09 / 10

Histórias nenhumas

Não há sentimento mais vazio
que o vestir-se do drama
de uma história de ausências
de uma ausência sem histórias.

Do que ver pelas janelas
aqueles pedaços de vida
sozinhos pelos desertos
desfilando seus horrores.

Uma história nenhuma
com muitas histórias nenhumas
numa vida nenhuma
sem nenhum amanhecer.

Não há sentido de mundo
há um rastro invisível
de completa escuridão
permeado por abutres.

Não há nascer ou dormir
não há morrer ou acordar
existe um estado líquido
entre o não estar e o estar.

Não há história nenhuma
nas páginas dos jornais
não existe vida em jogo
nem homem para chorar.

A noite do homem sem história
avança, patética, a clarear
o sonho que não foi sonhado
porque não há mais nada a sonhar.
(Eunápolis/BA/09:38hs)

publicado por Antonio Medeiro às 10:41
Sexta-feira, 05 / 06 / 09

SE EU FOSSE A POLÍCIA

Se eu fosse a polícia eu mandava colocar Brasília dentro de uma gaiola.

Salvo-conduto para o cidadão comum sair e entrar da cidade e prisão albergue para o restante da população.

Creio ser esta a única maneira de proteger o Brasil de todas estas coisas horrorosas que vemos nos jornais todos os dias.

Confinados nos seus escritórios e gabinetes, sem o uso - é claro - de internet e telefones celulares/fixos, lobistas, empresários, comerciantes, profissionais liberais, advogados, políticos, pessoas do Executivo, Legislativo e Judiciário só ganhariam, um por vez, o salvo-conduto depois de apuradas todas as merdas que andam fedendo em Brasília.

A Polícia Federal tá parecendo cirurgião de tanto fazer Operação: Navalha, Sanguessuga, Furacão, Saia Justa, Vampiro, Matusalém, Lacraia, Tempestade no Oeste, Anaconda, Hurricane, Tentáculos III, Mercado Preso II, Mandrake, Confraria, Feliz Ano Velho, Crepúsculo, Shogun, Capela, Zaqueu, 274, Hidra, Têmis, Águia, Planador, Zumbi, Lince, Farol da Colina, Soro, Sucuri, Trânsito Livre, Pandora, Isaías, Hiena, Xeque-Mate etc...

O sujeito, que não está em uma, aparece todo alvoroçado, espumando a boca, criticando, fazendo discurso contra o colega que apareceu na lista e procura se defender a todo custo da acusação. Na próxima lista lá está o infeliz. E ele faz exatamente o que o outro que ele acusava fazia: se defende a todo custo da acusação.Outro faz discurso, espuma a boca... e vão caindo um a um nas malhas dos escândalos. E as caras continuam as mesmas.

A pouca vergonha é generalizada. Nunca vi tanto cara-de-pau na minha vida. Não sei se antes eles eram invisíveis e agora não ou...

A Polícia Federal desmascara, a imprensa fala, fala, fala... roda, roda, roda e fica por isto mesmo. Alguém vem e solta o sujeito. Dois dias depois o infeliz tá pronto pra outra. Aí a Polícia Federal monta outra operação e...

Cadeia no Brasil é só para negro, índio, viado, puta, pobre, desempregado e... ladrão de galinha.

Agora uma coisa podemos dizer: a Polícia Federal, de uns anos pra cá, tem mostrado os dentes e prendido muito safado. Imagina que até o Maluf foi preso! Apesar de que pode ter sido média. No Brasil, autoridade tem mania de fazer média pra mostrar serviço e ficar famoso.

Mas, realmente, o único jeito é a gaiola . Sem ela jamais se dará um jeito na pouca-vergonha generalizada que sempre existiu na Capital Federal.

E pode botar na gaiola que o Ibama não está nem ai: um animal que não corre o menor perigo de extinção é o animal que habita os corredores institucionais de Brasília:

O Corrupto&CiaIltda.

Diga que eu tô errado!!!
.
TõeRoberto-post in jampa/pb

música: Variada
publicado por Antonio Medeiro às 05:00
Quinta-feira, 26 / 02 / 09

CICLO VICIOSO

Textos Escolhidos

 

Produzir, Vender, Comprar, Consumir.

Produzir, Vender, Comprar, Consumir.

Produzir, Vender, Comprar, Consumir.

Produzir, Vender, Comprar, Consumir.

Produzir, Vender, Comprar, Consumir.

Pobre ser humano! Sua vida se resume no ciclo vicioso acima.

Nascer, estudar, crescer, entrar na Universidade e aprender a: Produzir, Vender, Comprar, Consumir.

As Tvs, a Internet, os Telefones, os Rádios, os Jornais, as Revistas, os Correios, os Muros, os Ônibus, os Carros, as Pessoas vendem , incansavelmente, 24 horas por dia.

A carga de produtos e serviços oferecidos ao cidadão comum chega a ser imoral, tamanha é a insistência das empresas. Ferem leis, quebram regras, aborrecem, invadem violentamente a privacidade das pessoas sem a menor cerimônia. Nada importa, desde que o objetivo seja atingido.

Andar no centro das grandes cidades é um verdadeiro inferno: A miséria vende, vende, vende, vende, vende furiosamente para sobreviver e a sobrevivência está seriamente ameaçada.

As empresas produzem em grande escala e destroem a vida em grande estilo. A devastação do meio ambiente é um espetáculo apocalíptico.

O Lucro, Deus supremo do mundo contemporâneo, agita suas asas Globalizadas, vira as costas para os problemas ambientais e voa para bem longe dos ambientes onde ele, o Lucro, não é mais viável por conta da destruição completa dos recursos naturais.

E tudo não passa de uma grande armadilha: eu Produzo, eu Vendo, eu Compro, eu Consumo.

Sobrevivo nessa roda-viva e alimento a ganância mórbida dos grandes e dos pequenos patrões, sejam eles nacionais ou internacionais.

Somos máquinas montadas com uma única finalidade: cumprir o ciclo do Eu Produzo, Tu Vendes, Ele Compra, Nós Consumimos, Eles contam os lucros.

Diante das atuais circunstâncias, onde somos sócios e responsáveis pela desgraça anunciada, nós empresários e trabalhadores prometemos solenemente Produzir, Vender, Comprar, Consumir... e destruir com absoluta competência a nossa casa: O Planeta Terra.

Revogam-se as disposições em contrário.

Até o Juízo Final!

E por falar nisso, alguém tá querendo comprar um Fusca?
.
TõeRoberto-post in jampa/pb

música: Variada
publicado por Antonio Medeiro às 05:00
Blog de TõeRoberto

Julho 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Comentários recentes

  • Sem palavras, silenciou e falou.Sem Palavras! Caro...
  • Caro TõeRoberto,Exceto pela parte do dedo no vidro...
  • Elimine os filtros, Primo! Não é fácil... eu que o...
  • show de bola o texto, especialmente as frases fina...
  • Olá, desculpa o meu Português não escrever bem per...

mais comentados

Subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro