Homens&Pássaros

pesquisar

 
Quarta-feira, 10 / 08 / 11

Os sonhos

Te digo:
estou triste por mim
estou triste por ti
estou alegre por nós
com esse nó na garganta
essa ruína nos olhos.

Estou cantando meus sonhos
estás cantando teus sonhos
os sonhos às vezes fogem
como notas mal tocadas
os sonhos às vezes gritam
como camelô nas calçadas
os sonhos são brincalhões
como duendes safados
os sonhos são engraçados
como os palhaços da infância.

Os sonhos são alegrias
são ritos
buscas
cansaços
às vezes são praias bonitas
às vezes desertos insondáveis
às vezes choram com a gente
às vezes riem com raiva.

Os sonhos são nossos olhos
telas
luzes
e lágrimas
são aves que se definem
entre o espaço e as águas
são aves que voam e voam
sem ter lugar de pousada
são olhos que chorando molham
com fel e mel
nossa mágoa.
(Recife/Pe-22Maio1985)

publicado por Antonio Medeiro às 14:04
Domingo, 14 / 06 / 09

ESCONDERIJOS

O grito, nunca!

Antes, o insepulto silêncio
o gosto da quietude na saliva
o desmedido e improvável abismo
o sumo das entranhas insensíveis
o mesmo indelével acalanto
forjando o murmúrio latejante
do eco visceral, extravagante
morto, esmagado, umedecido
nos mil esconderijos da garganta.

.
TõeRoberto-post in jampa/pb

música: Variada
publicado por Antonio Medeiro às 05:00
Quarta-feira, 24 / 09 / 08

O QUE SOU

Poemas Escolhidos

 

O que sou
é terem me cortado as asas
terem penetrado em mim
como ferro em brasa
é terem me confinado
numa casa
onde a porta de saída
é só entrada.

 

O que sou
é terem me roubado a vida
terem se incrustado em mim
como eterna ferida
é terem me feito andar
numa avenida
onde o horizonte
é uma guarita.

 

O que sou
é terem me feito espantalho
terem me sentado numa cadeira
no meio da sala
é terem me exigido silêncio
pra não assustar os pássaros
que em vôo calmo
desciam minha garganta abaixo
retornando definitivamente
a casa.

.
(Fonte: Poema - Autoria de TõeRoberto)
Post in Jampa/PB

música: Jura Secreta - Zélia Duncan
publicado por Antonio Medeiro às 04:26
Blog de TõeRoberto

Adamo&Isabelle

Julho 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Comentários recentes

  • Sem palavras, silenciou e falou.Sem Palavras! Caro...
  • Caro TõeRoberto,Exceto pela parte do dedo no vidro...
  • Elimine os filtros, Primo! Não é fácil... eu que o...
  • show de bola o texto, especialmente as frases fina...
  • Olá, desculpa o meu Português não escrever bem per...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro