Poemas Escolhidos

 

Cadê meu travesseiro?
A noite chegou
o amor me aperta.

 

Sossega, amor!
Não quero brincar de sofrer.

 

Amor durão
travesso
velho!
Amor eterno!

 

O silêncio do amor é doído.

 

Na rua,
o cachorro late sua velha canção.

 

Eu penso
silenciosamente penso
no latido que ouço!...

.
(Fonte: Poema - Autoria de TõeRoberto)
Post in Jampa/PB

música: Dans La Nuit - Sarah Brightman
publicado por Antonio Medeiro às 03:54