Eu posso dizer:

Que sou um cidadão sensato.

Não cuspo no chão.

Não jogo lixo na rua.

Não enfio o dedo no nariz na frente de qualquer um.

Não peido em público... desconhecido.

Não voto na direita.

Já fui petista, hoje não sou nada.

O Lula se deu bem como político, se fudeu como pessoa.

Amo falar besteira.

Acho o papa um babaca.

Não ouço pagode.

Não leio o Paulo Coelho.

Adoro o Viola de Bolso.

O político brasileiro é um infeliz.

A Globo idiotizou o Brasil.

Não gosto do Galvão Bueno.

Não suporto o Faustão.

Tenho horror ao Gugu.

Não confio na Veja.

Não gosto do Serra, do Sarney, etc... e do PSDB de São Paulo.

Sou Palmeirense.

Flamenguista no Rio.

Não acredito em Deus.

Nem no diabo.

Não convivo com nazistas/fascistas.

Adoro animais.

Quero que o Bush/Obama se fodam.

E com ele todos os filhos-da-puta do mundo!

Amo cinema.

Poesia.

Conto.

Romance.

Tenho trocentos amigos.

Detesto violência.

Não gosto de frescura.

Sou um duro.

Apaixonado por pores-do-sol.

E nasceres da lua.

Eu amo o mar.

O Nordeste.

Tenho companheira.

Filhos.

Netos.

Animais.

Sou de peixes.

Sou contra todas as guerras.

A favor de todos os diálogos.

Não desejo o mal.

Nem sou o dono do bem.

Trepar é algo maravilhoso.

Cozinhar um bom prato também.

Tomar aquela cervejinha idem.

O cigarro já foi meu Deus.

Hoje é uma lembrança.

Saúde é tudo.

Curtir a vida é o máximo.

Ter saudades dos amigos, sempre.

E...

E poder dizer sem medo de errar:

Caralho, sou um sujeito feliz!!!

E... obviamente, só por isto sou sensato!

E... não gosto de incrédulos!!!

.
TõeRoberto

publicado por Antonio Medeiro às 05:00