Homens&Pássaros

pesquisar

 
Terça-feira, 21 / 10 / 08

OS CHATOS II

Textos Escolhidos

 

Ontem estava vendo um filme e me veio à cabeça o poema O Sobrevivente, do livro Alguma Poesia, de Carlos Drummond de Andrade, publicado em 1930.

Assim:

 

"Impossível compor um poema a essa altura da evolução
da humanidade.
Impossível escrever um poema - uma linha que seja -
de verdadeira poesia.
O último trovador morreu em 1914.
Tinha um nome de que ninguém se lembra mais.

 

Há máquinas terrivelmente complicadas para
as necessidades mais simples.

 

Se quer fumar um charuto aperte um botão.
Paletós abotoam-se por eletricidade.
Amor se faz pelo sem-fio.
Não precisa estômago para digestão.

 

Um sábio declarou a O Jornal que ainda falta
muito para atingirmos um nível razoável de cultura.
Mas até lá, felizmente, estarei morto.

 

Os homens não melhoraram
e matam-se como percevejos.
Os percevejos heróicos renascem.
Inabitável, o mundo é cada vez mais habitado.
E se os olhos reaprendessem a chorar seria um segundo
dilúvio.

 

(Desconfio que escrevi um poema.)"

 

Por que me lembrei do poema?

Alguns dias atrás escrevi sobre os chatos que estão mandando em nossas vidas.

Pois bem, no filme mencionado, um general, testa-de-ferro dos chatos, diz o seguinte:

Neste país não se fuma, não se bebe, não se sonha acordado; não se consome drogas, carne vermelha, açúcar; não se faz sexo (a não ser que seja casado), não se dorme tarde, levanta-se cedo e se trabalha para produzir bens de consumo em escala mundial, para atendermos às necessidades alimentares e tecnológicas dos povos e para, com alegria, participarmos do crescimento e do enriquecimento da nossa nação. Fazemos isto porque somos patriotas e demoramos séculos para chegar a tal nível de civilização.

Eu acho que Drummond conhecia bem os chatos e já sabia, 70 anos atrás, que eles um dia seriam os donos do mundo.

Olhe a sua volta: há sempre um chato por perto, com uma nova lei embaixo do braço.
.
(Fonte: Texto - Autoria de TõeRoberto)
Post in Jampa/PB

música: Vaca Profana - Gal Costa
publicado por Antonio Medeiro às 05:05
Domingo, 19 / 10 / 08

HIPERTENSOS

Textos Escolhidos

 

Bom dia amigos hipertensos!

Tenho o prazer de lhes comunicar que, a partir de hoje, passo a fazer parte deste seleto clube de preocupados: os hipertensos.

Médico: Não pode fumar. Não pode beber. Não pode comer sal. Não pode comer gordura. Não pode comer açúcar. Não pode ficar nervoso. Não pode f...!

Eu: Trabalhar pode?

Médico: Trabalho não mata ninguém!

Revoltado, logo no meu primeiro dia, resolvi lançar a proposta para a criação de uma comunidade, cuja finalidade é preservar o estilo de vida dos hipertensos amantes da vida: A COMUNIDADE DOS HIPERTENSOS REBELDES.

Higroton com conhaque dreher.

Ancoron com cerveja.

Tiazida com lingüiça de porco.

Drenol com charuto cubano.

Natrilix com cafezinho mineiro.

Lasix com picanha.

A comunidade terá algumas atividades mensais:

Troca de bulas de medicamentos. Campeonatos de "máximas e mínimas."

Relatos dos melhores "piripaques" da semana. Relatos do "meu maior susto."

Experiências em ambulatórios hospitalares. O seguro da viúva.

No último domingo de cada mês a comunidade comemora "O DIA DO QUE SE FODA!", com a realização de um grande churrasco regado a muita cerveja, vinho, uísque cachaça, café, cigarro, charuto, carne de porco, picanha bem gorda, bacon, tudo salgado do jeito que fica bem gostoso.

Na primeira segunda-feira de cada mês os membros não se comunicarão e dedicarão o dia aos "piripaques", às grandes máximas e mínimas, aos sustos, e às internações hospitalares.

A COMUNIDADE DOS HIPERTENSOS REBELDES conta com a sua adesão.

Como dizia Alberto José Alves, antigo dono do Mappin de São Paulo: "um homem para ter vida longa precisa de uma doença que o controle."
.
(Fonte: Texto - Autoria de TõeRoberto)
Post in Jampa/PB

música: Georgia On My Mind - Ray Charles
publicado por Antonio Medeiro às 05:15
Blog de TõeRoberto

Julho 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Comentários recentes

  • Sem palavras, silenciou e falou.Sem Palavras! Caro...
  • Caro TõeRoberto,Exceto pela parte do dedo no vidro...
  • Elimine os filtros, Primo! Não é fácil... eu que o...
  • show de bola o texto, especialmente as frases fina...
  • Olá, desculpa o meu Português não escrever bem per...

Subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro