Homens&Pássaros

pesquisar

 
Quarta-feira, 24 / 08 / 11

Fuga

Em vão se disse não:
e o amor travou guerra
com o outro amor.
Eram amores iguais
e um dos amores não viu
um dos amores ficou frio
ficou feio
fez caretas
armou-se de gestos
gritos
de choros
mentiras
conflitos
armou-se de frases
e ritos
tomou veneno de amigos
tentou ser força
ambíguo
tentou ser faca
delírio
quedou
gastou
destruiu
roeu
corrompeu
diluiu
e nada disso foi nada
o outro amor se excluiu
esperou a noite escura
bateu as asas...fugiu!!!
(Recife/Pe-22Maio1985)

Tags: , ,
publicado por Antonio Medeiro às 19:01
Terça-feira, 04 / 01 / 11

A guerra dos mundos

Do nada:
Eu tô sabendo!

O quê???

De tudo!

Tudo o quê?

De tudo, do começo ao fim!

Que começo, que fim?

O que cê anda aprontando!

Aprontando o quê?

Cê vai se fudê!

Para com isso!

Cê nunca quer falar nada!

Falar o quê?

Seu puto!!!

Porra, o que é?

Cê sabe o que é!

O que é?

Cê é muito safado!

Cê enche o saco!

Eu só sirvo pra isto!

Enche mesmo!

Não tô aguentando mais!

Aguentando o quê?

Tudo!

Tudo o quê?

Nós... nós... tudo!

Pelo amor de Deus!

A cerveja todo dia!

O que tem a cerveja?

Nada, a cerveja não tem nada!

Mas estamos brigando por quê?

Eu não tô brigando!

Tá brigando!!!

Não tô!

Mas eu tinha feito uma coisa!

Que coisa?

Uma coisa!

Que coisa, não falei nada disto!

Falou, eu ia me fuder!

Cê tá louco!

Cê é que tá louca!

Tá vendo?

Vendo o quê?

Como você me trata!

Trato como?

Você... seu... seu grosso!

Eu???!!!

Esse seu jeito!

Meu jeito!

É, seu jeito!

Pelo amor de Deus!

Olha, enchi, precisamos sentar e discutir a nossa relação!

Mas estamos discutindo a nossa relação!

Não!

Como não?

Não, discutir... discutir mesmo a nossa relação... do jeito que vai não dá!

Não dá o quê!

Porra!!!

Chega, amanhã a gente conversa!

É sempre assim!

Sempre assim, o quê!

Assim!...

Vou dormir, tenho que levantar cedo!

Eu também tenho!

Então vamos dormir!

Você nunca quer conversar!

Estamos conversando!

Assim, não!

Como assim, não?

Assim!...

Amanhã!

Amanhã sou eu que não quero conversar.

Boa-noite!

Boa-noite... no sofá!!!

Do nada, disputando o sofá com o cachorro!

publicado por Antonio Medeiro às 07:18
Terça-feira, 07 / 12 / 10

A fita

Casado sou há mais de 20 anos.

Sabe como é que é!

Alegrias, tristezas... tristezas&alegrias.

Às vezes penso no passado.

Aquelas coisas de homem casado.

Aquelas lembranças boas, boas, boas, ruins... boas&boas&boas. 
O sol nasce, se põe; a lua nasce, se põe... e a vida vai rolando dentro da medida do possível.

É a vida de um homem casado... e também de uma mulher casada!

Outro dia fuçando numas coisas velhas - aquelas coisas do passado que você nem se lembra mais que existem - achei a fita de vídeo do meu casamento.

Nem me lembrava mais que o meu casamento tinha sido filmado.

E nunca assisti à danada da fita!

Não se assiste a uma coisa dessas!

Nem naquele momento pensei em tal coisa!

Guardei novamente a fita.

Alguns dias depois dei de cara com a bendita fita: ela estava no vídeo.

Minha mulher já tinha assistido - depois me lembrei - umas 50 vezes e assistiu de novo.

Pensei: não é justo! Vou assistir pelo menos uma vez.

Liguei o vídeo.

A fita não tinha rodado totalmente.

Estava na hora do beijo, depois da aliança.

Apertei aquela setinha de voltar com a fita sendo executada.

Qual não foi minha surpresa ao me ver desbeijando a noiva, tirando a aliança do seu dedo, saindo da igreja, dando adeus pra todo os convidados e voltando rápido para a despedida de solteiro.

Uau!!!

Desde então assisto à fita todos os dias.

Mas só de trás pra frente! .
E o momento que eu mais gosto é quando eu desbeijo a noiva, tiro a aliança do seu dedo, saio da igreja, dou adeus aos convidados e volto pra despedida de solteiro.

Final perfeito para o que seria uma tragédia.

E foi!!!

De sonho também se vive!

E se apanha!!!

publicado por Antonio Medeiro às 09:42
Quarta-feira, 05 / 11 / 08

A PERGUNTA II

Poemas Escolhidos

 

Conta pra mim uma coisa
eu quero saber por quê
60 dias no ano
você me trai com O.B?

.
(Fonte: Poema - Autoria de TõeRoberto)
Post in Jampa/PB

música: Malandrinho - Altamiro Carrilho
publicado por Antonio Medeiro às 08:04
Blog de TõeRoberto

Adamo&Isabelle

Julho 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Comentários recentes

  • Sem palavras, silenciou e falou.Sem Palavras! Caro...
  • Caro TõeRoberto,Exceto pela parte do dedo no vidro...
  • Elimine os filtros, Primo! Não é fácil... eu que o...
  • show de bola o texto, especialmente as frases fina...
  • Olá, desculpa o meu Português não escrever bem per...

Subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro