Homens&Pássaros

pesquisar

 
Domingo, 23 / 11 / 08

LUGARZINHO ÀS 06 HORAS

Poemas Escolhidos

 

Ruazinha de paralelepípedos
igrejinha de sininho triste
casinhas de jeitinho arcaico
povinho de modinhos tristes
de olhinhos vagos
de olhinhos tristes
de modinhos vagos.

 

Cidadezinha minhazinha
cidadezinha
minhazinha cidadezinha
minhazinha
como é felizinho
meu coraçãozinho tristinho
abafado por tanta ingenuidade.

.
TõeRoberto-09:04-post in jampa/pb

música: Ponta De Areia - Milton Nascimento
publicado por Antonio Medeiro às 05:28
Sábado, 08 / 11 / 08

POR QUE NÃO DURMO À NOITE

Textos Escolhidos

 

Você dorme bem à noite?

O sono dos inocentes, dos justos?

Você trabalha, paga suas contas em dia, educa bem seus filhos, respeita as leis de trânsito. vai à igreja aos domingos, assiste às novelas da Globo, é um cidadão exemplar, respeitável; entende o conceito de cidadania, democracia, direitos constitucionais?

Dorme?

Que bom para você!

Eu tenho uma notícia para você: eu não durmo à noite!

Sabe por quê?

Porque sou culpado e quem tem culpa não dorme à noite.

Culpado do quê?

Ora, sou culpado de um monte de crimes e omissões contra a humanidade!

Sou culpado pelo desmatamento da Amazônia, pelo buraco na camada de ozônio, pela violência, pela poluição dos rios, pelas queimadas, pela miséria, pela proliferação das favelas, pelo analfabetismo, pela extinção generalizada de animais e plantas, pelo uso de agrotóxico, pela agiotagem dos cartões de crédito, pelo conservadorismo da igreja, pela corrupção, pela morte do Chico Mendes, pela existência do Maluf, do FHC, do Collor, do Bonhauser; pela existência do Bob's, do McDonald's, da coca-cola, da pepsi; pelos baixos salários, pela fome das crianças, pelas altas taxas de juros, pelo abuso sexual de menores, pelo volume enorme de políticos lobistas que não estão nem aí para as questões sociais do pais.

Sou culpado pela guerra do Afeganistão, pela guerra do Iraque, pela miséria e a AIDS na África, pela exploração do trabalhador na Ásia; sou culpado por criar e alimentar pessoas como a família Bush, pelo fundamentalismo religioso e econômico que, cedo ou tarde, levarão o planeta ao caos absoluto.

Sou culpado pelas tsunames, os terremotos, as secas, as enchentes; pelo crescimento das áreas desérticas, pelo derretimento das calotas polares, pelos incêndios florestais, por todos os desastres ambientais de pequenas e de grandes magnitudes.

Sou culpado e responsável por você achar que não tem nada com isto e que estou ficando louco.

Eu não estou louco.

Sou extremamente omisso em relação a todos os eventos de relevância que movimentam o planeta e isto me incomoda, não me deixa dormir.

Você não é omisso?

Qual foi a última fez que você se perguntou: "fora da minha vidinha de caracol, ensimesmado no meu mundinho pequeno e egoísta, o que faço para melhorar a vida das pessoas, no planeta?"

Bela pergunta, não é?

Dorme tranqüilo esta noite: eu quero ver!...
.
(Fonte: Texto - Autoria de TõeRoberto)
Post in Jampa/PB

música: O tempo Não Pára - Cazuza
publicado por Antonio Medeiro às 06:10
Quarta-feira, 01 / 10 / 08

VOCÊ!

Textos Escolhidos

 

Pensei em você, hoje!

Pensei em como vive, ama, dorme, se diverte!

Em como você trabalha!

Em como você sobrevive, se alimenta, sorri... existe!

Pensei em você como gente, pessoa... humano!

Pensei nos seus olhos vivos, nos seus desejos secretos, na sua alma, no seu sorriso bonito.

Pensei na sua mulher querida, nos seus filhos saudáveis, no seu pai que é tão bacana, na sua mãe tão amada, nos seus irmãos tão amigos, nos seus amigos tão irmãos, na sua presença no mundo, no seu dia-a-dia.

Pensei no lugar em que mora, no lugar em que trabalha, onde seus filhos estudam, no restaurante onde come, na igreja onde agradece, na comunidade em que vive.

Pensei nas suas viagens, na sua cobertura fantástica, no seu carro de mil cavalos, no seu celular da hora, no seu relógio de ouro, nas suas roupas de marca.

Pensei no seu som importado, no seu computador de mil gigas, na sua poupança gorda, na sua digital incrível, no seu home theater enorme, no seu dvd prateado, na sua tv de plasma, nos seus controles remotos.

Pensei na sua existência árdua, no tempo que lhe falta para curtir tanta coisa, para ser feliz com isso.

Pensei em como foi difícil juntar tanta coisa cara, pagar tanta coisa inútil, sobreviver à feroz ansiedade de comprar cada coisa nova que o mundo oferece aos tolos.

Pensei no seu coração, na sua hipertensão que avança, no seu stress doloroso que lhe mata pouco a pouco.

Pensei naquelas suas noites em que a cama é feita de espinhos.

Pensei em como você, às vezes, fica tão deprimido, em como você, às vezes, está alegre e fica triste.

Pensei em você, hoje!, e também pensei em mim.

Também acontece comigo. Eu também acho que sou esperto, importante, que tenho tudo na vida.

E daí que o emprego me mata, que as obrigações me infernizam, e daí que sustento o monstro pra ele ficar de pé!

E daí que chupam meu sangue, que eu não tenho tempo pra nada, e daí que a empresa consome tudo o que tenho na vida!

E daí que os meus neurônios estão se transformando em chips!

E daí que eu sou um idiota e não enxergo isto!

.

Fonte: Texto - Autoria de TõeRoberto)
Post in Jampa/PB
.

música: Admirável Gado Novo - Zé Ramalho
publicado por Antonio Medeiro às 04:10
Quinta-feira, 25 / 09 / 08

HOJE NÃO TEM MATÉRIA

Textos Escolhidos

 

Me desculpem, hoje não tem matéria!

Não vou escrever hoje!

Levantei, li os jornais, as revistas, a internet, vasculhei a minha vida; nada!, tudo na mais perfeita desordem, tudo como sempre foi e será.

Tudo tão igual desde que nasci!

Chega a ser assustadora essa mesmice entediante.

O governo continua inoperante.

Os políticos continuam uns caras-de-pau.

A sociedade continua hipócrita.

A igreja continua a 'igreja'.

Os militares continuam observando.

Tudo continua como está.

Como diz um amigo meu: "se melhorar, piora!"

Nós, seres humanos, principalmente os seres humanos brasileiros, conferimos à própria história um toque de idiotice endêmica e nos achamos os tais.

E só pra constar: IDIOTA NÃO TEM TÉDIO!

Eu não disse que não tinha assunto?
.
(Fonte: Texto - Autoria de TõeRoberto)
Post in Jampa/PB

.

música: Jack Soul Brasileiro - Lenine
publicado por Antonio Medeiro às 04:18
Blog de TõeRoberto

Julho 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Comentários recentes

  • Sem palavras, silenciou e falou.Sem Palavras! Caro...
  • Caro TõeRoberto,Exceto pela parte do dedo no vidro...
  • Elimine os filtros, Primo! Não é fácil... eu que o...
  • show de bola o texto, especialmente as frases fina...
  • Olá, desculpa o meu Português não escrever bem per...

mais comentados

Subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro