Homens&Pássaros

pesquisar

 
Terça-feira, 30 / 11 / 10

Fotografia

Nossa fotografia, aquela na parede
com o mar ao fundo
está em movimento.

O mar agitado prenunciando tempestades
balança o barco
e seus cabelos esvoaçam ao vento.

Seus olhos a cada noite ficam maiores
e o cigarro que tenho na mão diminui
a cada dia.

Sua barriga cresce, a filha se anuncia
o mar muda suas cores
o meu cabelo embranquece.

Aquela fotografia vive os dias,
o barco parece à deriva
distancia-se da terra.

Distantes vamos ficando:
um do outro
e do mundo.

Mas a fotografia é vida
estamos mergulhados nela
no meio do oceano imenso.

Meu rosto procura uma ilha
o seu procura galáxias
nós dois estamos sem rumo.

Nossa fotografia resiste
ao sol, à chuva, ao frio
aos anos que ela existe.

Juntos, parecemos tristes
às vezes damos um sorriso
que alguém de longe assiste.

Mas valha o seu movimento
somos nós e nossas vidas
no mais esmerado momento.
(Eunápolis/ba/14:50hs)

publicado por Antonio Medeiro às 09:17
Terça-feira, 23 / 11 / 10

Inventário

Abri a porta, entrei em casa, acendi a luz e, num passe de mágica, o manto da consciência adormecida saiu de cima de mim.

Olhei em volta e vi em cada parte da casa os sinais do meu suor misturado com o meu sangue.

Coisas que colecionei pela vida, a ferro e fogo.

E fui inventariando:

Sofá: R$ 1000,00 - Televisão: R$ 700,00 - Decodificador da Sky: R$ 348,00 - Rack: R$ 420,00 - Mesa de telefone: R$ 119,00 - Telefone: R$ 137,00 - Celular: R$ 411,00 - Máquina fotográfica: R$ 899,00 - Mesa de centro: R$ 80,00 - Vaso: R$ 43,00 - Jarro: R$ 17,00 - Flores sintéticas: R$ 14,00 - Estatueta: R$ 34,00 - Chapéu: R$ 90,00 - Máquina de datilografia: R$ 131,00 - Computador: R$ 1100,00 - Notebook estragado: R$ 1800,00 - Maleta do notebook: R$ 119,00 - Scanner - R$ 239,00 - Impressora: R$ 250,00 - Porta CD: R$ 59,00 - Aparelho de som: R$ 1300,00 - Mesa de som: R$ 550,00 - Caixas de som: R$ 470,00 - Violão: R$ 180,00 - Violão: R$ 700,00 - Teclado: R$ 710,00 - Suporte do teclado: R$ 62,00 - Microfone: R$ 90,00 - Fone de ouvido: R$ 13,00 - Ventilador: R$ 143,00 - Mesa do computador: R$ 230,00 - Livros: R$ 1330,00 - Mp3: R$ 240,00 - Mesa da sala: R$ 470,00 - Cesta de frutas: R$ 22,00 - Porta-retrato: R$ 45,00 - Guarda-roupa: R$ 850,00 - Colchões: R$ 345,00 - Computador: R$ 1350,00 - Estabilizador: R$ 55,00 - Mesa do computador: R$ 115,00 - Ventilador: R$ 80,00 - Guarda-roupa: R$ 632,00 - Colchões: R$ 244,00 - Porta-jóias: R$ 85,80 - Carrinho de bebê: R$ 453,00 - Ventilador: R$ 80,00 - Guarda-roupa: R$ 327,00 - Cama de Casal: R$ 580,00 - Colchão de casal: R$ - 390,00 - Ventilador: R$ 143,00 - Roupas: R$ 1300,00 - Sapatos - R$ 220,00 - Tênis: R$ 140,00 - Xampu: R$ 12,50 - Condicionador: R$ 14,30 - Cremes: R$ 92,00 - Escova de dente: R$ 18,00 - Pasta de dentes: R$ 6,20 - Armarinho do banheiro: R$ 73,00 - Box - R$ 300,00 - Chuveiro: R$ 29,00 - Remédios em uso: R$ 294,00 - Remédios sem uso: R$ 520,00 - Rede: R$ 120,00 - Cadeira de praia: R$ 40,00 - Banquinho de praia: R$ 18,00 - Mesa de varanda: 42,00 - Cadeiras de varanda: R$ 140,00 - Geladeira: R$ 2500,00 - Fogão: R$ 1500,00 - Bujão de gás: R$ 50,00 - Recipiente de água: R$ 12,00 - Bebedor de água: R$ 330,00 - Armário do bebedor de água: R$ 60,00 - Liquidificador: R$ 220,00 - Batedeira: R$ 439,00 - Espremedor de Laranja: R$ 225,00 - Processador: R$ 42,00 - Microondas: R$ 274,00 - Armário: R$ 239,00 - Panelas de inox: R$ 220,00 - Jogo de facas: R$ 101,00 - Agulha de costurar frango: R$ 2,00 - Utensílios de cozinha: 462,00 - Prateleira: R$ 45,00 - Máquina de lavar roupa: R$ 1100,00 - Transformador: R$ 110,00 - Varal suspenso: R$ 37,00 - Caixa de ferramentas: R$ 27,00 - Ferramentas: R$ 296,00 - Bicicleta - R$ 283,40 - Churrasqueira: R$ 128,30 - Churrasqueira de barro: R$ 12,00 - Espetos: R$ 28,00 - Grelha: R$ 19,00 - Diversos: R$ 847,90.

Mentalmente fiz o balanço dos 'bens' adquiridos vida afora.

Estava tudo ali: milhares de horas de trabalho, sangue, suor, dias sem dormir, preocupações, ansiedade, angústia e um vazio... um vazio profundo.

E me lembrei da chamada publicitária do Mastercard, com quem, por sinal, estou sempre atolado:

Tem coisas que só a Mastercard me dá: o meu status de idiota!!!

Apaguei a luz e fui dormir com a estranha sensação de que eu, um homem moderno, e um burro somos separados apenas por um ínfimo detalhe:

O burro não é eu!!!

publicado por Antonio Medeiro às 08:18
Terça-feira, 16 / 11 / 10

Palavras

Aquelas palavras doeram:

secas, molharam olhos
e queimaram sonhos;

rápidas, chegaram antes
e fecharam portas;

azedas, estragaram o leite
e deixaram fome;

enormes, esmagaram risos
e deformaram caras;

ferozes, destruíram vidas
e cavaram covas;

carnívoras, mastigaram a carne
e cuspiram os ossos.
(Eunápolis/ba/6:52hs)

publicado por Antonio Medeiro às 09:08
Terça-feira, 09 / 11 / 10

A classe média

A classe média é enfastiada.

Come tanto, bebe tanto que, num restaurante, olha o cardápio e não sabe o que comer.

Tá cheia de tudo.

E morre pela boca.

E carrega uma fome enrustida de não sei de quê - comida, com certeza, não é!

É uma fome específica, um tédio por ter tudo em excesso.

Excesso de comida na geladeira e no freezer.

Excesso de filmes n Sky.

Excesso de músicas na internet.

Excesso de informação.

Excesso de carros na garagem.

Excesso de celulares na família.

Excesso de vestidos.

De pares de sapatos.

De camisas.

De ternos.

De tênis.

A classe média padece de excessos.

Enchem as ruas com seus carrinhos 1000.

Os restaurantes com seus cartões de créditos.

As academias com seus corpos flácidos.

Os salões de beleza com o seu narcisismo mórbido.

Os consultórios dos terapeutas com suas neuroses e paranóias múltiplas.

Os shoppings com a sua voracidade.

As férias com a sua falsa riqueza.

A classe média é... a classe média!

Sustenta o sistema e se auto-sustenta através da sua postura escravagista - grandes salários, grandes responsabilidades, grandes distanciamentos de uma vida normal.
Grandes estresses.

Depressões.

Medo.

A classe média vive mergulhada no medo.

O emprego... o patrão é o seu 'Deus'.

Nele, o 'Deuspatrão', ele assenta toda a sua vida.

No bar, no restaurante, em casa, com os amigos, o 'Deuspatrão' é o assunto principal.

A classe média se afoga no seu próprio excesso.

E mantém de pé o sistema, com toda sua estrutura:

A mídia reacionária.

Políticos que deveriam estar encarcerados.

Músicos que deveriam só cantar no banheiro... das suas casas.

Revistas e jornais que só servem para limpar a...

Livros de qualidade duvidosa.

Religiões oportunistas.

Programas de tv para pessoas que nasceram com QI prejudicado.

A classe média é um saco.

Se afoga na sua própria merda e não sabe.

Constrói a sua própria forca e não sente.

É um animal em extinção e não percebe.

A classe média... um babaca alegre e enfastiado que carrega uma melancia pendurada no pescoço e um espanador enfiado no rabo.

E o resto é que se foda!

Relaxa e goza, meu filho!

O espanador, por enquanto, é dos pequenos! 

publicado por Antonio Medeiro às 07:57
Blog de TõeRoberto

Adamo&Isabelle

Novembro 2010

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29

Comentários recentes

  • Sem palavras, silenciou e falou.Sem Palavras! Caro...
  • Caro TõeRoberto,Exceto pela parte do dedo no vidro...
  • Elimine os filtros, Primo! Não é fácil... eu que o...
  • show de bola o texto, especialmente as frases fina...
  • Olá, desculpa o meu Português não escrever bem per...

mais comentados

Subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro