Textos Escolhidos

 

As estatísticas da violência contra a mulher no Brasil são assustadoras.

Em 2004 foram assassinadas, no Brasil, 3830 mulheres.

Em 2006, no período de janeiro a junho, só em Pernambuco foram assassinadas 285 mulheres.

60 a 70% delas foram assassinadas por parceiros, ex-parceiros, namorados, ex-namorados.

Outras 20% por parentes, vizinhos e conhecidos.

Pernambuco é só o 3º entre os estados que mais matam mulheres.

Foram 6,5 mortes por 100.000 mulheres em 2004, segundo dados da Ministério da Saúde.

Pernambuco chama a atenção pela contradição com este cenário violento: o estado conta com uma das mais ativas e organizadas rede de organizações feministas do Brasil.

Foi criado, em Pernambuco, em 1988, o Fórum das Mulheres de Pernambuco que reúne 67 entidades que vão de associações de agricultoras do sertão, prostitutas do Recife, domésticas e entidades universitárias.

O dia 25 de novembro é o dia Internacional da Não-Violência Contra a Mulher.

A data foi estabelecida em 1981, na cidade de Bogotá, durante o Primeiro Encontro Feminista Latino-Americano.

O dia lembra o assassinato das irmãs Minerva, Patria e Maria Mirabal que, em 1960, militavam, na República Dominicana, contra a ditadura do General Rafael Trujillo.

Assista ao filme "No Tempo das Borboletas".

Ele conta a história das 03 irmãs.

Complementando as estatísticas, na América Latina e no Caribe a violência doméstica atinge de 25 a 50% das mulheres.

Os dados aqui informados são os contabilizados pelos órgãos oficiais, não constando, obviamente, os dados das mulheres que sofrem, em silêncio, as suas humilhações.

As estatísticas oficiais estão muito aquém da realidade...

 

Continua...
.
TõeRoberto-post in jampa/pb

música: My Immortal - Evanescence
publicado por Antonio Medeiro às 05:05