Textos Escolhidos

 

Mais de 21 anos se foram desde a ida, ainda muito moço, do meu amigo Waldir.

Galego, bonachão, grande gozador... grande amigo!

Sempre com o seus sapatos pretos e as suas calças de tergal; não usava tênis, nem calças jeans, nem bermudas.

"Você é maior por dentro do que por fora" - dizia ao tomarmos cerveja juntos, o que fazíamos com muita freqüência.

Por incrível que pareça, não comia arroz.

Alérgico à cebola, vivia sempre esperto com nossas brincadeiras: quando fazíamos nossas farras colocávamos, de vez um quando, um pedacinho dela na comida pra ver o que acontecia.

"Vocês são fodas" - no outro dia de manhã, andando com as pernas abertas.

A cebola assava suas virilhas.

Foram muitas histórias, muitas brigas, muitas risadas e muita aprendizagem, juntos.

Seu maior desejo: quando morresse queria acompanhar o seu próprio enterro.

Queria que, ao contrário do que sempre foi, as pessoas fossem na frente e ele fosse atrás, observando, segundo ele, quem o estava acompanhando.

Quando morreu - eu não estava lá - seu desejo foi respeitado e realizado: para espanto geral dos seus amigos, ele acompanhou o seu próprio enterro.

Grandes figuras sempre saem de cena em grande estilo.

Foi o caso do meu amigo Waldir.
.
(Fonte: Texto de TõeRoberto)
Post in Jampa/PB

música: A whiter Shade Of Pale - André Rieu
publicado por Antonio Medeiro às 05:12